Oficina de Teatro

OFICINA DE TEATRO » CRIANÇAS COM BEATRIZ SILVA

Nesta oficina sucede o primeiro contacto com o universo do teatro. Pretende-se desenvolver o imaginário, a criatividade e a expressividade das crianças num palco de actividades lúdicas e teatrais.

As actividades propostas tornam-se num importante instrumento de trabalho, uma vez que visam processos de experimentação que ampliam o potencial cognitivo, fazendo com que a criança seja capaz de expressar, com autonomia, uma visão crítica do mundo que a rodeia, observando-o e aprendendo com ele.

Estes exercícios dinâmicos focados na exploração do corpo, da voz, do espaço, de objectos promovem o desenvolvimento de capacidades motoras e emocionais, ajudando a construir e/ou afirmar a identidade de cada criança, as suas relações interpessoais e o seu modo de ver, agir e reagir.

destinatários: crianças dos 7 aos 11 anos
De Outubro de 2021 a Junho de 2022 (quintas-feiras das 18h30 às 20h)
local: Associação ESTUFA – Plataforma Cultural

Beatriz Silva nasceu em Viseu e fez a sua formação na Evoé – Escola de Actores, tendo concluído o terceiro ano do Curso de Formação de Actores e Teatro Físico. Terminou, em 2017, os seus estudos como professora estagiária e desde então dirige os cursos de Iniciação ao Teatro na Evoé.

Fez parte do elenco deTia Miséria, produção convidada do Festival Le Marentin (Bretanha, França, 2016). Co-criou e interpretou Linhas de Fuga , com encenação de Pablo Fernando. É criadora do seu espectáculo solo Luto , com base no texto homónimo de Rui Neto, apresentado no Festival Internacional de Curitiba em 2018. Apresentou espectáculos em diversos espaços, como o Teatro Armando Cortez, Teatro Garcia de Resende e Teatro Bernardim Ribeiro.

Destaca festivais como o Festival Internacional de Setúbal e Periferias Festival de Artes Performativas. Em parceria com a Câmara Municipal de Cascais desenvolveu projectos de intervenção social nas escolas secundárias em 2019. Frequentou diversos cursos de aperfeiçoamento e especialização de movimento, commedia dell’arte, mimo corporal dramático, técnicas de máscara, método Suzuki e viewpoints, entre outros. No audiovisual, destaca o documentário Sculpting the Body; a Theater of Physicality por Samuel Meyler, estreado no DocLisboa. Participou recentemente na série documental Peixe Fora d’Água (RTP 2) e em videoclipes de artistas nacionais. É membro do Faísca Teatro, da Umbigo – Companhia de Teatro e membro fundador da PYRA – Produções Teatrais.

OFICINA DE TEATRO » JOVENS COM RAIMUNDO COSME

Espaço de criação e experimentação artística, o intuito principal deste laboratório de teatro é lançar desafios, estimular a criatividade e o pensamento crítico; conduzir o processo e chegar ao que mais importante e urgente haja a dizer.

Um teatro de futuro: queremos descobri-lo em conjunto; pensar em conjunto, ser no conjunto.

destinatários: jovens dos 12 aos 18 anos
De Outubro de 2021 a Junho de 2022 (sábados das 11h15 às 13h15)
local: Associação ESTUFA – Plataforma Cultural

Raimundo Cosme é licenciado em Teatro pela ESAD, frequenta atualmente o Doutoramento em Artes Performativas e Imagem em Movimento da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. É, desde 2009, colaborador da Companhia de Teatro Cão Solteiro, trabalhando regularmente como ator e cocriador em diversos espetáculos e projetos.

Em teatro trabalhou ainda com Rui Mendes, Diogo Dória, Carlota Lagido, André e. Teodósio, Vasco Araújo, André Godinho, Teatro do Vestido, José Eduardo Rocha, Marco Martins, José Carlos Plaza, entre outros.

Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian através dos programas Língua e Cultura Portuguesas e Apoio à Criação.

Em 2011 fundou a Companhia de Teatro Plataforma285, onde trabalha como ator, encenador, dramaturgo e diretor artístico. Nesta sua estrutura destacam-se os espetáculos “Loveable” (coprodução Culturgest, em 2016), “You Need Heart To Play This Game” (coprodução Teatro Maria Matos/ EGEAC, em 2018) e “EmpowerBank” (coprodução Festival Temps d’Images em coapresentação TBA/Egeac e Lux.Frágil, em 2020) e também os espetáculos para a infância “Parece um Pássaro” (Teatro Maria Matos/EGEAC, em 2015), “Os Livros do Rei” (coprodução Teatro São Luiz e CAE Sever do Vouga, em 2018), “A Árvore Branca” (coprodução LU.CA/ EGEAC, A Oficina e CAE Sever do Vouga, 2020) e “No Escuro” (coprodução Teatro São Luiz/ EGEAC e A Oficina, em 2021).

Como encenador criou ainda “The Institute Of Global Solitude”, em colaboração com a companhia grega de teatro Blitz Theatre (Teatro Maria Matos/ EGEAC, em 2016). Em cinema trabalhou com André Godinho, Manuel Pureza, Luciano Sazo, Gonçalo Galvão Telles, Jorge Paixão da Costa, Bruno Gascon, Marguerite de Hillerin, Félix Dutilloy-Liégeois e Ben von Grafenstein.

OFICINA DE TEATRO » ADULTOS COM BEATRIZ SILVA

Nada como o teatro para aprendermos a expressar-nos, a lidar com sentimentos contraditórios, a posicionarmo-nos diante do mundo e a construir narrativas que nos levem para um mundo compreensível e fantástico.

Esta oficina destina-se a todas as pessoas que queiram conhecer ou aprofundar técnicas teatrais, desenvolver melhores capacidades de expressão e de comunicação e descobrir novas faces da dimensão humana.

Faremos exercícios de desinibição, improvisação e comunicação para melhorarmos as nossas capacidades comunicativas e adquirirmos controlo emocional para estarmos em palco. Será feita uma abordagem a este universo a partir de trabalhos de consciência corporal e de exercícios cénicos que permitam a todos um melhor conhecimento das suas competências criativas, físicas e vocais.

Uma formação com uma dimensão lúdica para quem quer dar os primeiros passos na arte do teatro ou para quem utiliza a comunicação como instrumento de trabalho e necessita falar em público.

destinatários: jovens com mais de 18 anos e adultos
De Outubro de 2021 a Junho de 2022 (sábados das 9h15 às 11h15)
local: Associação ESTUFA – Plataforma Cultural

Beatriz Silva nasceu em Viseu e fez a sua formação na Evoé – Escola de Actores, tendo concluído o terceiro ano do Curso de Formação de Actores e Teatro Físico. Terminou, em 2017, os seus estudos como professora estagiária e desde então dirige os cursos de Iniciação ao Teatro na Evoé.

Fez parte do elenco deTia Miséria, produção convidada do Festival Le Marentin (Bretanha, França, 2016). Co-criou e interpretou Linhas de Fuga , com encenação de Pablo Fernando. É criadora do seu espectáculo solo Luto , com base no texto homónimo de Rui Neto, apresentado no Festival Internacional de Curitiba em 2018. Apresentou espectáculos em diversos espaços, como o Teatro Armando Cortez, Teatro Garcia de Resende e Teatro Bernardim Ribeiro.

Destaca festivais como o Festival Internacional de Setúbal e Periferias Festival de Artes Performativas. Em parceria com a Câmara Municipal de Cascais desenvolveu projectos de intervenção social nas escolas secundárias em 2019. Frequentou diversos cursos de aperfeiçoamento e especialização de movimento, commedia dell’arte, mimo corporal dramático, técnicas de máscara, método Suzuki e viewpoints, entre outros. No audiovisual, destaca o documentário Sculpting the Body; a Theater of Physicality por Samuel Meyler, estreado no DocLisboa. Participou recentemente na série documental Peixe Fora d’Água (RTP 2) e em videoclipes de artistas nacionais. É membro do Faísca Teatro, da Umbigo – Companhia de Teatro e membro fundador da PYRA – Produções Teatrais.