LAB – Laboratório de Dança

O LABORATÓRIO DE DANÇA é um projeto de experimentação e criação artística na área da dança contemporânea que envolve estudantes e profissionais de dança de todo o país, sendo também aberto à participação da comunidade local.

O projeto acolheu em Torres Vedras, em contexto de residência artística, coreógrafos portugueses emergentes ou com carreiras já consolidadas, tais como: Tânia Carvalho (2013), Lander & Jonas (2014), Marco da Silva Ferreira (2015), Marina Nabais (2016), Clara Andermatt e Jonas Runa (2017), Joana Castro (2018), Victor Hugo Pontes (2019) e Bruno Duarte (2021).

Os processos de criação, com forte pendor formativo e pedagógico, duram aproximadamente entre 3 a 4 semanas e culminam na apresentação do trabalho ao público no Teatro-Cine de Torres Vedras.

.

LABORATÓRIO DE DANÇA CRIATIVA - 2011

1º Laboratório de Dança culminou em Junho de 2011 com a apresentação pública do espectáculo “Pedaços”, um trabalho artístico comunitário produzido pela ESTUFA e dirigido por Marta Lobato que ganhou forma no Laboratório de Dança Criativa realizado na Transforma desde Novembro de 2010.

LABORATÓRIO DE DANÇA CRIATIVA - 2012

O trabalho apresentado em 2012 no âmbito do 2º Laboratório de Dança intitulado “Entre o Desejo e o Possível”, teve como base uma criação de Eliana Campos, Gonçalo Lobato e Marta Lobato em colaboração com os intérpretes, na sua maioria alunos da escola de dança Movimento, sem qualquer experiência prévia na área da dança ou no acto de pisar um palco.

A Companhia Experimental Movimento apresentou duas peças: Ensaio sobre o Movimento, uma criação de Eliana Campos e Gonçalo Lobato e Momentum, uma criação de Yonel Castilla e Marta Lobato.

LABORATÓRIO DE DANÇA CRIATIVA COM TÂNIA CARVALHO - 2013

Para o 3º Laboratório de Dança (LAB3) em 2013 a coreógrafa convidada foi Tânia Carvalho que trabalhou num formato de residência artística aberto a todos os cidadãos que com ela quiseram trabalhar na co-criação do espetáculo “Coral”.

LABORATÓRIO DE DANÇA CRIATIVA COM LANDER PATRICK - 2014

O 4º Laboratório de Dança (LAB4) em 2014 ESTUFA convidou o coreógrafo Lander Patrick que, em parceria com o coreógrafo Jonas Lopes, trabalhou com base no mesmo formato de residência artística em co-criação com a comunidade, do qual resultou o espetáculo “Caruma”.

LAB 5 - LABORATÓRIO DE DANÇA COM MARCO DA SILVA FERREIRA

Em 2015, no âmbito do 5º Laboratório de Dança (LAB5), tivemos encontro marcado com o bailarino e coreógrafo Marco da Silva Ferreira. Foram desenvolvidas várias iniciativas em maio (1º e 2º momento do LAB5) que culminaram, depois de duas semanas e meia de residência artística intensivas em julho, no espetáculo que estreou a 25 de Julho no Teatro-Cine de Torres Vedras.

LAB 6 - LABORATÓRIO DE DANÇA COM MARINA NABAIS

Marina Nabais foi a coreógrafa que dirigiu a 6ª edição do LAB. A partir do tema “Linhas” os participantes puderam explorar padrões de improvisação, materializáveis e percetíveis através do próprio objeto linha. Com base nesta prática, cruzando e cosendo ferramentas, apresentaram em palco uma improvisação estruturada sob a forma de espetáculo, estreado a 17 de Setembro de 2016 no Teatro-Cine de Torres Vedras.

LAB 7 - CLARA ANDERMATT E JONAS RUNA

7º Laboratório de Dança, contou a direção artística da coreógrafa Clara Andermatt, em colaboração com o compositor e musicólogo Jonas Runa. O trabalho desenvolvido ao longo de 3 semanas baseou-se nas pesquisas coletivas realizadas em torno da poesia concreta e do ritmo, tendo culminado num espetáculo intitulado rrrRRRRRRRRRRRRR, estreado a 7 de Outubro de 2017 no Teatro-Cine de Torres Vedras.

LAB 8 - JOANA CASTRO

Em 2018 realizámos o 8º LAB

tendo sido Joana Castro a coreógrafa responsável pela direcção artística. A peça “Maremoto”, apresentada no Teatro-Cine de Torres Vedras a 16 de Setembro de 2018, foi o resultado de 3 semanas de residência artística e de uma proposta de criação de uma comunidade temporária em busca da liberdade e da justiça através do movimento e do conhecimento. Em torno da ideia de revolução, de resistência e de movimentos sociais, a coreógrafa propôs um olhar sobre os diversos mundos individuais e colectivos, sobre fronteiras e territórios, erguendo um espaço de criação onde cada voz se fez ouvir e onde cada corpo se moveu.

LAB 9 - VICTOR HUGO PONTES

Victor Hugo Pontes foi o coreógrafo convidado para dirigir a 9ª edição do LAB . O trabalho desenvolvido ao longo da residência artística deu origem a um espetáculo criado a partir das memórias e dos amores de verão dos intérpretes, e apresentado nos dias 14 e 15 de Setembro, no Teatro-Cine de Torres Vedras.

 

LAB 10 - BRUNO DUARTE

 

Para o 10º Laboratório de Dança (LAB10) em 2021 o coreógrafo convidado foi Bruno Duarte que trabalhou num formato de residência artística aberto a todos os cidadãos que com ele quiseram trabalhar na co-criação do espetáculo “BLOMMA”.